Faculdade

Departamento

Henrique Vazão de Almeida

Investigador Contratado
1.14 Ed. CENIMAT
11609

Henrique Vazão de Almeida completou a sua licenciatura e mestrado em Engenharia de Materiais na Universidade NOVA de Lisboa (2007). Antes de realizar o seu Doutoramento trabalhou na indústria na área de biomateriais durante 5 anos. Completou o Doutoramento em Bioengenharia na Trinity College Dublin na Irlanda (Daniel J. Kelly e o Fergal O’Brien como supervisores). Em 2016, começou a trabalhar no laboratório de biomateriais do Prof. Lino Ferreira (Universidade de Coimbra) e em 2017 ganhou o financiamento pós-doutoral da FCT.
No contexto deste projeto na área de engenharia de tecidos cardíacos, começou a trabalhar no ITQB/iBET (2018). Em 2019, o Henrique ganhou financiamento de investigador principal júnior (iBETXplore) para executar um projeto no contexto da impressão 3D de tecidos biológicos para desenvolvimento de fármacos e modelos de doença. Em 2021, o Henrique ganhou o
financiamento da FCT de estímulo ao emprego científico (CEEC 3ª edição). No contexto deste último financiamento, o Henrique começou a trabalhar no CENIMAT|i3N (2022).

Áreas de Investigação

O Henrique é um bioengenheiro, engenheiro de materiais especialista em biomateriais de origem natural. Ele está interessado em novas abordagens à engenharia de tecidos e medicina regenerativa com o objectivo de regenerar tecido biológico disfuncional e no desenvolvimento de modelos in vitro. De momento está focado no desenvolvimento de estratégias baseadas em biomateriais condutores para engenharia de tecidos cardíacos. Começou a trabalhar recentemente em dispositivos point-of-care para gestão de doença e medicina regenerativa.

Interesses Científicos

O Henrique está focado no desenvolvimento de biomateriais funcionais de origem natural onde as suas características como por exemplo a topografia, condutividade e propriedades mecânicas podem modelar o comportamento celular e do tecido biológico.

Publicações Representativas

  1. Almeida, H. V. et al. Human Extracellular-Matrix Functionalization of 3D hiPSC-Based Cardiac Tissues Improves Cardiomyocyte Maturation. ACS Applied Bio Materials 4, 1888 1899 (2021).

  2. Abecasis, B. et al. Toward a Microencapsulated 3D hiPSC-Derived in vitro Cardiac Microtissue for Recapitulation of Human Heart Microenvironment Features. Frontiers in Bioengineering and Biotechnology 8, 1163 (2020).

  3. Cunniffe, G. M. et al. Tissue-Specific Extracellular Matrix Scaffolds for the Regeneration of Spatially Complex Musculoskeletal Tissues. Biomaterials 188, 63–73 (2019).

  4. Gouveia, P. J. et al. Flexible Nanofilms Coated with Aligned Piezoelectric Microfibers Preserve the Contractility of Cardiomyocytes. Biomaterials 139, 213–228 (2017).

  5. Almeida, H. V. et al. Anisotropic Shape-Memory Alginate Scaffolds Functionalized with Either Type I or Type II Collagen for Cartilage Tissue Engineering. Tissue Engineering Part A 23, 55–68
    (2017).

  6. Almeida, H. V. et al. Fibrin Hydrogels Functionalized with Cartilage Extracellular Matrix and Incorporating Freshly Isolated Stromal Cells as an Injectable for Cartilage Regeneration. Acta
    Biomaterialia 36, 55–62 (2016).

Websites

ORCID

Google Scholar

Ciência ID